Uber sem motorista? Os carros autônomos e a revolução no transporte de passageiros

Uber sem motorista? Os carros autônomos e a revolução no transporte de passageiros

A Uber é uma empresa de tecnologia que está transformando a maneira como as pessoas se movimentam pelas cidades. Sendo autointitulada como uma plataforma tecnológica que conecta motoristas a passageiros, em um serviço similar ao de taxis, ela pretende começar uma nova revolução.

Criada em 2009 e presente em mais de 600 cidades pelo mundo, sendo 100 delas no Brasil, o aplicativo que a principio era responsável por solicitar carros pretos Premium ao toque de um botão hoje realiza cerca de 10 milhões de viagens por dia, através de 2 milhões de motoristas.

Uber - Volvo

O grande diferencial da Uber sempre foi a qualidade e a personalização dos serviços. A facilidade em encontrar o condutor e as formas de pagamentos flexíveis rapidamente atraíram inúmeros usuários. A Uber revolucionou o mundo de transportes e se transformou em uma das maiores empresas do segmento sem possuir um carro sequer.

O cenário começa a mudar. A Uber anunciou investimentos na tecnologia de direção autônoma, o que promete incomodar seus próprios condutores. A ideia de ter carros autônomos buscando e levando passageiros é algo que eles estão levando muito a sério.

O serviço de condução autônoma teve seu pontapé inicial em Pittsburgh, no estado da Pensilvânia, nos EUA, com uma pequena frota de Ford Fusion híbridos. Agora diversos Volvo XC90 também estão sendo adicionados à frota, munidos de uma nova versão do sistema.

O funcionamento do sistema se dá através de sete câmeras de vídeo, um laser e vários sensores de medição ao redor do carro. O sistema que já funciona nas ruas dos Estados Unidos e é sempre acompanhado por um engenheiro, que pode assumir o controle do veículo em caso de falha no sistema.

Em 2004, o filme ‘Eu, Robô’ contava a historia do mundo em 2035, em que assistimos ao personagem interpretado pelo ator Will Smith a bordo de veículos autônomos. Será que o filme previa o futuro? Sinceramente, não sei! Posso dizer que Uber e Volvo estão empenhados neste sistema.

O projeto de condução autônoma foi desenvolvido e aplicado em veículos Volvo XC90, que possuem sistema similar ao dos Ford Fusion. Ainda em testes, todos os dados de condução são armazenados para que futuramente a Uber deixe de utilizar os mapas feitos pela Google.

Iberê Thenório, do canal Manual do Mundo, foi até o centro de desenvolvimento da Uber conhecer mais sobre o programa de condução e conta detalhes do sistema. Assista e se surpreenda com o fato de que o  futuro mostrado no filme “Eu, Robo” já está presente. Talvez 2035 seja longe demais. Confira tudo nos vídeos a seguir.

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: