Top 10: os carros de corrida mais estranhos e malucos da história (alguns bem rápidos)

Top 10: os carros de corrida mais estranhos e malucos da história (alguns bem rápidos)

Preciso confessar que o que mais me diverte no automobilismo é a coragem de alguns engenheiros e equipes. Como assim? Simples: a tecnologia que hoje conhecemos (e que parece óbvia) um dia foi uma ideia na cabeça de um profissional (ou de uma equipe), depois sendo transformada em ação e testada na prática nos carros de corrida. O risco que envolve tudo isso me fascina.

Acontece que, vez ou outra, alguns carros de corrida não saíram exatamente bonitos, funcionais ou até mesmo harmônicos. Certas soluções encontradas pelos engenheiros se provaram tão boas a ponto de serem banidas, enquanto outras faziam sentido apenas no papel e foram um fiasco quando se tornaram realidade. Faz parte.

O automobilismo tem na sua história dezenas (talvez centenas) de carros de corrida considerados estranhos demais para competirem, alguns deles apontados de forma unânime como os mais feios de todos os tempos (guarde o nome Chaparral 2J e ao assistir aos vídeos você vai entender o que quero dizer).

Ventiladores atrás dos carros de corrida são coisas que a gente costumava ver nos desenhos animados, mas seu efeito real é bastante poderoso. Os modelos que usaram esse artifício deram as caras poucas vezes e não foram adiante por mudanças no regulamento. Tudo pelo downforce. A estética? Bem, deixa isso pra lá…

Veja agora isso tudo nos vídeo abaixo e repare no terceiro.

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: