Lendas Brasileiras: Volkswagen Brasilia, o carro que conquistou pelo espaço e robustez

Como criaram um carro como o Volkswagen Brasilia? Os engenheiros e a equipe da VW decidiram usar a robustez do Fusca em um carro com mais espaço interno e jeitão europeu. O Brasilia foi um automóvel produzido de 1973 até 1982 e teve público cativo. O carro em si era compacto, mas possuía bom aproveitamento interno e muita área envidraçada.

O nome é uma homenagem, pois não, à cidade fundada apenas 13 anos do surgimento do carro. Brasília era sinônimo de modernidade. Um aspecto importante do projeto desta lenda brasileira é que este foi um dos primeiros VW a serem projetados e construídos fora da Alemanha – o primeiro havia sido o brasileiríssimo SP2.

O projeto tinha algumas diretrizes, segundo consta no registro do momento feito por diversos veículos de comunicação da época: o modelo deveria oferecer mais espaço para os ocupantes, utilizar a mesma mecânica do Fusca, mas com um design mais moderno e atualizado.

Não sei se você já reparou, mas o Brasilia tem mesmo entre-eixos que o Fusca, mas é 2cm menor do que ele. O interior, no entanto é muito espaçoso (algo difícil no segmento naquela época) e há um grande área envidraçada e um porta-malas honesto na dianteira. O design retilíneo da carroceria, com linhas suaves e equilibradas, foi considerado inovador para a época.

O VW Brasilia foi oficialmente apresentado ao público em junho de 1973, apenas um mês depois do lançamento de seu principal concorrente, o Chevrolet Chevette. Vale ressaltar algo importante: embora o Brasilia seja muito semelhante a outros modelos, como a Volkswagen Variant e o TL, a plataforma era a mesma do Fusca, com o mesmo motor boxer montado na traseira e refrigeração a ar.

Pouca gente se lembra, mas também existiu uma versão de 4 portas, o que dá ao Brasilia o título de primeiro hatchback genuíno nacional com essa configuração. O carro nesta configuração foi exportado Filipinas, Nigéria, Venezuela, Bolivia, Chile e Portugal. O Brasil só aderiu ao modelo de quatro portas como veículo de frota, afinal havia rejeição a modelos assim naquele período.

Confiabilidade da mecânica Volkswagen presente no Fusca com o espaço interno que o pequeno besouro nunca teve, acomodando com conforto até cinco adultos. Foi ou não foi uma ideia genial? Confira alguns comerciais antigos da Brasilia veículos na TV e também um raro exemplar original com pouquíssimos quilômetros rodados.

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: