Movido por parafusos, esse é o Caminhão brutal que (nunca) precisa de estradas

Movido por parafusos, esse é o Caminhão brutal que (nunca) precisa de estradas

É comum falarmos de várias estradas e vias em condições precárias no Brasil, o que continua sendo verdade. Mas quando o assunto envolve a Rússia, a conversa sempre fica muito mais extrema. E para ilustrar isso na prática, agora é o momento de você conhecer um caminhão (movido por parafusos) como você nunca imaginou.

Trata-se do ZVM-2901, um caminhão russo que foi totalmente restaurado recentemente pela empresa Nizhny Novgorod, com foco em aplicações desafiadoras no off-road. Originariamente, ele foi construído nos anos 70 pelo governo da antiga União Soviética.

Nessa modernização do projeto, o modelo passa a contar com motor Cummins ISF, com 3.8 litros, chegando à potência de 161 cv. Quanto ao fato de não possuir rodas (nem direção convencional, sendo operado por alavancas), vale destacar que esse caminhão ZVM-2901 é destinado a operar em regiões praticamente sem estradas, como a Sibéria e o Norte da Rússia, enfrentando uma série de adversidades, como terrenos alagados ou com neve, pântanos, lamaçais e locais semelhantes.

Aliás, os responsáveis pretendem restaurar e vender outros exemplares dessa versão atualizada do ZVM-2901, especialmente para geólogos e para a indústria do petróleo e gás que operam nas mencionadas regiões. Eles têm grandes expectativas de sucesso comercial, considerando que o caminhão é perfeito para locomoção em terrenos que não apresentam firmeza.

Para você entender melhor o curioso sistema com movimentação por parafusos, de acordo com informações existentes no site Ciclo Diferente, observa-se o seguinte:

“Um veículo movido a parafuso é um veículo terrestre ou anfíbio projetado para lidar com a neve difícil e gelo ou lama de pântano. Tais veículos são distinguidos por serem movidos pela rotação de um ou mais cilindros semelhantes , equipados com um flange de helicoidal que engata com o meio através ou sobre a qual o veículo está em movimento. O peso do veículo é tipicamente suportado por um ou mais pares de cilindros de grandes dimensões de arrastamento; por vezes, um único cilindro de arrastamento é usado com esquis estabilizadores adicionais . Estes cilindros têm uma flange espiral helicoidal como a rosca de um parafuso. Em cada par combinado de cilindros , um vai ter a sua flange corrida no sentido horário e o outro anti-horário.”

Veja agora os vídeos a seguir que mostram mais detalhes e, principalmente, essa valente máquina em ação. Confira!

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: