Greve de caminhoneiros durou 26 dias e derrubou governo no Chile

A atual greve de caminhoneiros no Brasil já dura alguns dias e já é o maior movimento realizado pela categoria no país. Como destacamos aqui no AutoVideos, os caminhoneiros têm importância fundamental na economia brasileira. Mas olhando para a história, é importante lembrar de um episódio ocorrido no Chile.

A greve de caminhoneiros chilenos durou 26 dias no ano de 1972 e foi o ato inicial que culminou com a posterior derrubada do governo Salvador Allende, representante de um governo de esquerda.

Conforme matéria de revista Exame, a paralisação dos motoristas de caminhão agravou a crise econômica pela qual passava o país e incendiou diversos outros movimentos grevistas. Tudo começou em outubro de 1972 contra a criação de uma autoridade nacional de transporte. O presidente demorou muito para negociar com a categoria.

Em agosto de 1973, na fase mais intensa, 40.000 caminhoneiros novamente paralisaram o país, acompanhados de 210.000 donos de pequenos negócios e empresários. Toda essa instabilidade e a crise econômica resultaram na deposição do governo de Allende pelo exército e pela força nacional em 11 de setembro de 1973. Houve bombardeios e o suicídio do de Allende.

Esse breve resumo demonstra a seriedade envolvendo o assunto greve de caminhoneiros, que também costuma trazer grandes impactos em países como a França, por exemplo.

O vídeo traz informações complementares sobre o caso histórico no Chile.

Deixe seu comentário: