Fim da Chrysler? Alfa Romeo em solo brasileiro? Qual será o futuro das marcas do grupo FCA?

Depois de um boato que ganhou força na imprensa internacional aventando a morte da marca Chrysler, Sergio Marchionne, CEO do grupo FCA, realizou uma reunião com investidores e finalmente comentou sobre o plano de 5 anos do grupo FCA. Plano que pretende focar ações em quatro marcas: Jeep, Ram, Alfa Romeo e Maserati.

Segundo Marchionne, em ações futuras o grupo pretende transformar grande parte da linha de veículos oferecidos em elétricos e híbridos, além de entrar em novos segmentos, oferecendo veículos novos como uma Dodge Ram de porte médio, um Jeep Grand Chrerokee de 7 lugares e um SUV de porte médio da Maserati.

Apesar de toda atenção voltada para a notícia sobre o possível fim da Chrysler, os destinos de longo prazo das marcas de grande porte Dodge, Fiat e Chrysler, permaneceram sem solução e sem novidades. Entretanto, um porta-voz da empresa disse que essas marcas não serão totalmente eliminadas.

Para onde vai o Grupo FCA?

Focando a apresentação apenas ao mercado europeu, Marchionne afirmou que o grupo Fiat Chrysler eliminará toda a produção de automóveis de passageiros movidos à diesel até 2022, enquanto anunciou um investimento na casa de 9 bilhões de euros em veículos elétricos até 2022.

Ao menos na Europa, a linha Fiat será reduzida às derivações do Fiat 500 e o Panda, mantendo também o foco na produção de veículos premium.

Alfa Romeo em solo brasileiro?

Para a Alfa Romeo, o grupo pretende investir em supercarros, como um novo 8C com cerca de 700 cv e o novo GTV, esportivo com 4 lugares e tração integral. Enquanto isso, no segmento mais badalado do mundo, a gama da Alfa Romeo de SUVs promete crescer e oferecer mais dois utilitários, um compacto e um de grande porte.

Vale ressaltar que o novo presidente da FCA América latina afirmou que a volta da Alfa Romeo para solo brasileiro está nos planos do grupo. Tomara!

Futuro da Jeep

Com atuação de grande sucesso no Brasil, a Jeep prepara, no mínimo, nove novos lançamentos até 2022. Nos EUA, a Jeep entrará em um segmento de SUVs ainda menores que seu compacto Renegade e também no segmento de SUVs médios, inclusive com a terceira fileira de assentos.

Seguindo o previsto para todo o Grupo FCA, a Jeep contará somente com veículos híbridos e elétricos até 2022. A promessa é de que 10 versões estarão disponíveis em versões híbridas e 4 em versões elétricas.

Fiat e Chrysler chegaram ao fim?

Surpreendentemente, as empresas que nomeiam o grupo FCA foram deixadas de fora da reunião de investidores, dando a entender que as marcas Fiat e Chrysler passarão a atuar somente em mercados locais, como é o caso do Brasil (com a Fiat). O boatos de que as marcas Fiat e Chrysler seriam descontinuadas não foi sequer mencionado.

Confira o vídeo que separamos a seguir sobre o boato envolvendo o fim da Chrysler e também o vídeo em que alguns dos carros do grupo FCA são mostrados. Você acha que as implementações que acontecerão na Europa até 2022 chegarão ao Brasil tão em breve? E o fim da Fiat, isso parece plausível? Comente.

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: