Assista à evolução radical dos simuladores de corrida (PC e videogame) desde 1980 até hoje

Assista à evolução radical dos simuladores de corrida (PC e videogame) desde 1980 até hoje

Quem gosta de carros e tecnologia provavelmente sabe contar um pouco da história dos jogos de corrida e automobilismo. Jogos? Há quem diga que são simuladores, e acho que é bem por aí mesmo, afinal de contas o objetivo sempre foi tentar replicar a física e a emoção das corridas os títulos oferecidos pelas diversas produtoras.

Eu sou um fã inveterado de corrida online, tendo inclusive feito parte da diretoria da Liga Brasileira de Nascar (LBN), que existe desde meados dos anos 90 e oferece uma experiência incrível para quem gosta de competir usando simuladores de excelente qualidade, como Nascar Racing 2003 (um dos melhores de todos os tempos), RFactor, iRacing, entre outros.

Aliás, falando em ligas online, hoje existem diversos grupos de entusiastas que pilotam virtualmente, criando seus campeonatos e regulamentos e usando da excelente capacidade de customização dos títulos disponíveis atualmente. Mas não foi sempre assim. Longe disso, na verdade…

O começo dos jogos de corrida e simuladores foi bem tosco, se considerarmos o que existe hoje. Claro que, na época, era o que havia de mais interessante, mas a evolução aconteceu (e continua acontecendo) de forma muito rápida e avassaladora.

Desde o Chequered Flag, de 1983, até o Assetto Corsa, dos dias atuais, muita coisa mudou. Como eu sou velho o suficiente para lembra dessa evolução, destaco Hard Driving (1989), Indy 500 (1989), F1 Grand Prix (1992) e Indycar Racing (1993) como os principais jogos/simuladores que me fizeram gostar tanto de carros e computadores.

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: