Fica V8! O Audi RS5 e seu potente (e barulhento) V8 aspirado (a 8.250 RPM) deixam saudades!

Fica V8! O Audi RS5 e seu potente (e barulhento) V8 aspirado (a 8.250 RPM) deixam saudades!

O que é, o que é? Um motor V8 cheio de potência, girando a 8.250 RPM e com um ronco delicioso? NASCAR? Quase, mas pode me chamar de Audi RS5. E que saudade ele deixa. Seu motor V8 4.2, aspirado e com injeção direta, que gira alto e “fala grosso” parece estar dando adeus.

Seja pela tão falada (e discutível) “nova ordem” da sustentabilidade, maior controle das emissões ou pelo simples desenvolvimento de motores menores, mas igualmente potentes e com bom torque (graças ao uso do turbo e ajuda elétrica), o fato é que o Audi RS5 e seu monstruoso V8 não aparecem mais como opção de compra nos sites da Audi mundo afora.

A companhia na simbólica despedida do Audi RS5 é dada pelo amigo e entusiasta Lipe Paíga, que ao lado da fantástica equipe do canal Inside Cars nos brinda com uma avaliação completa do carro, mostrando todos os detalhes desta bela máquina.

E que detalhes! Lembre-se dos atributos técnicos do Audi RS5: motor V8 aspirado, 4,2 litros, injeção direta, 450 cavalos e 43,8 kgfm de torque. E ainda tem suspensão esportiva, rodas enormes, freios animais, interior impecável e um ronco delicioso, tanto da perspectiva do motorista (ou seria piloto?) quanto de quem “apenas” vê o carro passar. Que tal?

Eu odeio despedidas. O fim dos enormes motores aspirados parece uma escolha, não apenas coisa do destino. Ainda bem que esta é apenas a minha opinião. Tomara que eu esteja errado.

PS: Lembre-se de também se inscrever no canal do AutoVídeos no Youtube para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: