Subaru WRX STI S207: versão de 330 cavalos para apenas 400 felizardos (japoneses)

O Salão de Tóquio deste ano está sendo mesmo especial para os japoneses. A novidade agora é uma nova versão do Subaru WRX STI, o S207, com 330 cavalos de potência e um visual ainda mais agressivo. A Subaru garante que este é “o carro mais prazeroso do mundo” (essa frase apareceu no comunicado oficial de lançamento do modelo). Pena que apenas 400 japoneses terão a chance de validar esta afirmação. Pois é, serão 400 unidades e todas vendidas apenas no Japão.

O WRX STI S207 traz 330 cv potência, mas não usa o famoso motor EJ25, de 2,5 litros, em uma clara indicação de que seu uso no WRX STI de produção deve se encerrar em breve. O motor usado é o EJ20, de 2 litros e turbo twin scroll, que com mudanças na central eletrônica e sistema de exaustão elevam a rotação máxima de corte para 7.200 RPM (o WRX STI de série chega a 7.100 RPM). O torque também é maior e vem antes no S207 em comparação com o STI de série (44 mkgf entre 3.200 e 4.800 RPM contra 41,5 mkgf a 4000 RPM, respectivamente).

Quem é fã do Subaru WRX STI geralmente fala com orgulho da cor azul imortalizada no Rally, das rodas douradas, do motor boxer turbo e do aerofólio gigantesco na tampa traseira. Quem não conhece muito bem o carro e sua história, torce o nariz exatamente para a enorme “asa”. O WRX STI S207 traz um spoiler ainda mais agressivo e impressionante, praticamente o mesmo usado na versão de corrida que venceu as 24 horas de Nürburgring de 2015.

E tem mais: freios Brembo atualizados, novos amortecedores Bilstein, kit aerodinâmico e rodas aro 19 exclusivas. Há ainda detalhes que são voltados para a parte estética, como a instalação de um novo painel de instrumentos, novo painel de acionamento do motor, exclusiva manopla de câmbio e bancos esportivos da Recaro oferecidos com aquecimento. Confira abaixo como ficou esta fera e por quê ela causa tanta comoção mundo afora:

Deixe seu comentário: