Guia: Aluguel de carro no Brasil e no mundo (condições, valores e como escolher)

A busca por serviços de aluguel de carros tem se tornado cada vez mais frequente. A preocupação com o deslocamento é uma das coisas que mais preocupa uma pessoa em viagem de férias ou de trabalho. Depender de transporte público em uma cidade que você não conhece é bastante complexo e os custos exigidos pelos serviços de taxis são bem elevados.

De um outro lado, temos pessoas que não estão em viagem, mas que por um problema mecânico inesperado, por exemplo, ficaram sem seus veículos por uns dias.

Procurar uma locadora de automóveis parece ser uma ótima saída nas duas situações acima. Mas você sabe como fazer isso corretamente? Pode parecer uma ação bastante simples, mas é importante atentar-se para alguns fatores e evitar dores de cabeça depois.

Guia: aluguel de carro no Brasil e no mundo

Guia: aluguel de carro no Brasil e no mundo

Você sabia, por exemplo, que há custos agregados ao valor da diária do aluguel de carro? Essas taxas são quase sempre obrigatórias e se não forem calculadas com antecedência podem prejudicar o seu orçamento.

Por essa e outras razões que criamos esse guia bastante completo para você. Contaremos os pontos que precisam ser entendidos antes mesmo de você procurar uma locadora de carro. Veja.

O que é necessário para alugar um carro no Brasil, Estados Unidos e Europa

Existem alguns pré-requisitos exigidos por locadoras de veículos e você deve conhecê-los. Destacamos de três regiões mais procuradas por brasileiros: dentro do nosso país, nos Estados Unidos e na Europa.
Vale lembrar que no caso de países estrangeiros, além da regulamentação nacional – que a que citaremos mais abaixo – pode ainda existir uma regulamentação da cidade para onde você irá. Indicamos que você busque essas informações antes de sair do Brasil, para caso necessite de algum documento emitido pelo Detran, você não tenha problemas no aluguel de carros.

Brasil

Para realizar o aluguel de carro, você precisará:

  • Ter idade mínima de 21 anos;
  • Ter carteira de habilitação definitiva há pelo menos 2 anos;
  • Ter carteira de habilitação dentro da validade;
  • Possuir um cartão de crédito. Algumas locadoras de carro não solicitam um cartão de crédito, mas exigem o pagamento de uma taxa de fiança;
  • Não ter restrição no CPF. Também é um item variável de empresa para empresa.

Estados Unidos e Europa

Para alugar um carro, você precisará:

  1. Idade mínima de 21 anos. Contudo, nos Estados Unidos, se o condutor tiver entre 21 e 24 anos o locatário ainda paga uma taxa extra, por dia, como garantia. A Under Age, como é chamada, é referente ao risco por ser um condutor jovem;
  2. Permissão Internacional para Dirigir. É preciso solicitar no Detran da sua cidade antes de viajar. Em alguns estados dos Estados Unidos, a PID não é necessária, como é o caso da Flórida;
  3. Cartão de Crédito Internacional no nome do condutor principal.

Taxas agregadas – O que pagar além da diária para a locadora de veículo

É comum que as pessoas busquem preços de diárias e quando chegam nas locadoras de carro descobrem uma série de taxas agregadas que aumentam consideravelmente o valor final. As cobranças feitas pelas empresas são feitas a partir de três tipos de custos:

  • O valor base da diária. Esse valor é referente ao custo da diária do veículo alugado;
  • Os custos extras (opcionais). Esses custos geralmente são taxas administrativas, que podem facilitar a aprovação do cadastro com a locadora. Os custos extras variam de empresa para empresa. São exemplos: taxas por desgaste de pneu e bateria, taxas de concessão em aeroporto ou hotel (para locadoras instaladas nesses lugares apenas), taxas administrativas da locadora, etc.;
  • As taxas obrigatórias. São os impostos cobrados e pagos ao departamento de trânsito local. São exemplos: impostos governamentais, licenciamento do veículo, surcharge (apenas nos Estados Unidos).

Além das taxas acima, as locadoras de carro estão livres para cobrar taxas administrativas referentes ao seguro do carro e fianças. Essas taxas são cobradas antecipadamente em cartão de crédito ou seguro-fiança.

Quanto custa o aluguel de carro no Brasil, Estados Unidos e Europa?

Falar de preços é bem subjetivo, pois eles variam bastante de cidade para cidade, além do período do ano. As empresas Skyscanner, Kayak, Rentcars, dentre outras, conseguem fazer um ótimo comparativo nesses casos. Basta colocar a cidade do Brasil, dos Estados Unidos ou da Europa, a data da retirada do veículo, a hora, a data da devolução e a hora. Depois é só fazer a pesquisa e ver os melhores valores para você.

Vale lembrar que estas empresas citadas são exemplos de serviços que facilitam sua escolha e para efetivar o aluguel de carro é preciso confirmar com a empresa escolhida e ver quais os procedimentos necessários, inserir meios de pagamentos (em alguns casos) e por aí vai.

Tipos de carros disponíveis nas locadoras

A categoria é um dos quesitos que influencia bastante no valor do aluguel de carros. Dependendo do modelo e tipo de veículo, o preço pelo serviço pode aumentar bastante. Dentre as categorias disponíveis no mercado nacional e internacional, podemos destacar:

  • Carros básicos: são veículos de modelo popular, motor 1.0, cambio manual, sem direção hidráulica e, em alguns casos, sem ar condicionado. Modelos como o Gol, Palio e Celta são os mais populares dessa categoria. São carros de passeio, indicados para pessoas que precisam de deslocamentos mais curtos;
  • Carros compactos: são modelos bastante semelhantes aos carros básicos, mas com direção hidráulica, ar condicionado e motor mais potente, de 1.3 ou 1.6, como o Onix e o Sandero. O aluguel de carros compactos pode ainda ser de um Sedan, como o Classic e o Siena, que vem com porta-malas maior, ideal para quem deseja pegar a estrada, por exemplo;
  • Carros Executivos: o aluguel de carro executivo tem crescido bastante no Brasil. Essas empresas geralmente oferecem modelos Sedans como o Corolla, o Cruze ou o Jetta. São veículos com mais conforto, destinados para traslados corporativos;
  • Carros blindados: também bastante comum em viagens de negócios, os carros blindados são modelos de luxo, que atende celebridades, autoridades políticas, grandes empresários, etc. Modelos como o Sonata e o Mercedes C180 estão, certamente, na frota de quem procura aluguel de carros nesta categoria.

Dicas e cuidados básicos na retirada e devolução do veículo

Você provavelmente percebeu até aqui que o serviço de aluguel de carros é simples, mas precisa de bastante atenção para evitar pegadinhas nos contratos. Na hora de retirar e devolver o veículo, há dicas que previnem você de gastos extras, principalmente em viagens internacionais.

Confira o contrato e os serviços cobrados

Se você fez a reserva pela internet ou pelo telefone, confira novamente o contrato para saber se todos os serviços estão discriminados como o prometido. Na dúvida de qualquer ponto do contrato que não havia sido discutido, pergunte novamente antes de assinar.

Confira e registre o veículo antes de sair da locadora

Em todo serviço de aluguel de carro, na hora de receber as chaves, um atendente da locadora vem com um pequeno relatório e anota todas as condições do veículo. Confira se tudo está anotado de acordo com a realidade e, de preferência, fotografe e/ou filme com seu celular para guardar também esse registro.

Isso evita cobranças no ato da devolução. O ideal é que todas as fotos que você tirar, tenham o registro da hora e data.

Tanque cheio ou vazio?

Esse é um dos problemas mais comuns na devolução do carro alugado. As locadoras de veículo geralmente dão a opção de você pagar pelo tanque, podendo devolvê-lo seco ou devolver o tanque cheio, o que faz com que você reabasteça apenas o que utilizou. O segundo caso pode ser mais econômico, mas se você não sabe se encontrará um posto de gasolina aberto na hora de devolver o veículo ou na cidade onde está, é melhor não arriscar.

Devolver na mesma agência? Nem sempre!

A devolução do carro nem sempre é feita na mesma agência. Existem empresas onde o cliente retira o carro em uma loja e devolve em outra. Há situações também onde o cliente aluga o veículo para fazer uma viagem e precisa devolver em cidade diferente. Consulte, antecipadamente, se isso gera custos. Em alguns casos as locadoras cobram uma taxa por tal deslocamento e você pode ser pego de surpresa.

Multa por atraso

No contrato você receberá a informação do dia e da hora para devolução do veículo. Não se atrase! Programe o seu dia corretamente, pois em algumas empresas, há cobrança pelo atraso a partir de 30 minutos! Como sabemos, as taxas de locadoras de veículo nem sempre são muito amigáveis.

Você já utilizou algum serviço de aluguel de carro no Brasil, Estados Unidos ou Europa? Conte-nos o que achou!

Deixe seu comentário: