Depois de 25 anos abandonadas num porão, essas 36 Corvettes voltarão à vida novamente!

Uma história surreal acabou levando 36 Corvettes a ficarem abandonadas num porão por mais de 25 anos. Tudo começa nos anos 80, quando o artista plástico Peter Max, de Nova Iorque, pretendia ter uma coleção do lendário modelo da GM. Em 1989, o canal VH1, concorrente da MTV, fez um concurso extraordinário no qual o prêmio seria uma coleção de 36 Corvettes (uma de cada ano, começando em 1953 e terminando naquele ano de 1989). No entanto, o vencedor do concurso não foi o artista, e sim um carpinteiro chamado Dennis Amodeo, de Long Island.

Assim que soube do ganhador, o mencionado artista plástico entrou em contato com o vencedor e fez uma proposta irrecusável pelos carros. Inicialmente, Peter Max usaria os carros esportivos para a realização de uma exposição, na qual ele próprio pintaria as carrocerias. Contudo, essa ideia nunca virou realidade e os carros ficaram parados, apenas acumulando pó em Nova Iorque.

Como era de se esperar, os efeitos do tempo foram crueis com os esportivos americanos. Mas, recentemente, surgiu uma nova esperança para as solitárias Corvettes, considerando que a coleção foi vendida a Peter Heller, que agora pretende restaurá-las, trazendo-as de volta à luz do dia. Peter, que já começou os trabalhos, está sendo ajudado por Scott Heller e eles contam com a ajuda do especialista Chris Mazzilli, fundador do Gotham Comedy Club. A ideia é de que a coleção restaurada seja novamente vendida a um feliz (e rico) comprador.

Assista nos vídeos à seguir imagens inacreditáveis dessas “Vettes” esquecidas. O primeiro traz uma reportagem do canal Barcroft Cars. Os demais vídeos mostram fotos do local e de algumas delas já sendo restauradas. Veja só que coisa mais impressionante!

Deixe seu comentário: