Tem coisas que só o Fiat Uno (das antigas) consegue fazer. Confira aqui!

Postado por - Clássicos, Humor, Nostalgia

Compartilhar

O Fiat Uno foi lançado em 1983, na Europa, e chegou ao Brasil no ano seguinte. De lá para cá, se tornou um dos carros mais vendidos de nosso mercado e um dos queridinhos de muitos brasileiros – seja para falar bem ou mal. Há quem ame e há quem odeie o compacto da Fiat, por diversas razões que não cabe mencionar no momento.

Você já ouviu alguém chamar o Fiat Uno de “Botinha Ortopédica”? O apelido carinhoso apareceu na época de seu lançamento, quando o carro não foi bem aceito e as primeiras impressões do público não foram tão empolgantes. Em 1990, com a redução de impostos (IPI) para motores de menos de 1000 cilindradas, surgiu o Uno Mille, que se tornou a principal referência do segmento de carros populares.

O Fiat Uno passou a vender bem e a exportação do modelo também decolou. A “Botinha Ortopédica” se popularizou e seus atributos começaram a se destacar também fora do uso previsto pelos engenheiros: o off-road é uma parte muito presente da vida dos Uninhos das antigas.

A suspensão traseira independente, a altura livre do solo, o baixo peso e a fácil dirigibilidade “empurraram” o Fiat Uno para novos desafios, que ele abraçou e venceu com louvor. Barro, lama, ladeiras, travessia de rios, o compacto das primeiras gerações enfrentou de tudo na sua história. Assista um pouco do que ele é capaz com a ajuda do canal Lentrius.

PS: Lembre-se de também se inscrever no canal do AutoVídeos no Youtube para ficar por dentro das novidades.

Gostou do vídeo? Compartilhe agora com seus amigos!

CompartilharCompartilhar

Veja também:

Deixe seu comentário:

comentários