Carros autônomos são a aposta da General Motors, que comprou a startup Cruise

Carros autônomos são a aposta da General Motors, que comprou a startup Cruise

A General Motors, que ano passado comprou a startup Cruise Automation, já está testando em São Francisco, nos Estados Unidos, o carro 100% autônomo em um sistema estilo Uber, por enquanto limitado apenas para os seus funcionários (e sempre com um motorista ao volante para uma emergência, conforme exige a lei).

O serviço, chamado de “Cruise Anywhere” (em português livre algo como “Vá para qualquer lugar”), pode ser utilizado pelos funcionários ao pedirem o carro por um aplicativo de celular. O carro, então, os leva para onde quer que seja em São Francisco, todos os dias da semana, sem intervenção humana (apesar da presença do “motorista”, como já dissemos).

Cruise

O serviço ainda está em fase beta e serve apenas os funcionários da GM, mas a companhia diz que alguns empregados já estão utilizando o Cruise Anywhere como seu principal meio de transporte, substituindo inclusive o próprio veículo, além de metrô, ônibus e outros aplicativos de serviços.

No total, 10% dos funcionários da GM em São Francisco já estão utilizando o Cruise, e com o passar do tempo mais e mais funcionários serão adicionados à lista de espera para testar, utilizar e aperfeiçoar o aplicativo.

Kyle Vogt, CEO e co-fundador da Cruise, diz: “Sempre quisemos ter lançado nosso aplicativo de compartilhamento de corridas, e é isso que estamos fazendo”. E completa: “Estamos felizes em como a tecnologia tem evoluído, além de podermos colocar o Cruise como forma principal de transporte das pessoas”.

O objetivo, é claro, é criar uma solução de transporte capaz de levar e trazer pessoas para todos os lados, mas com um veículo 100% autônomo. Vogt ainda enfatiza: “Nós vemos um futuro para operarmos juntos com algum parceiro, vários ou até nenhum parceiro se isso for a melhor forma de colocar a tecnologia para atingirmos os benefícios de carros autônomos o quanto antes”.

Cruise

Os funcionários do Cruise podem utilizar os carros de 16 a 24 horas por dia, o que depende da disponibilidade de veículos. Frota, aliás, que em breve chegará a mais de 100 carros por toda São Francisco.

Para quem tem curiosidade, os carros usados são versões modificadas e do Chevrolet Bolt EV. Eles estão equipados com sensores e computadores, além de um motorista de segurança (ainda requerido por lei). De acordo com o Cruise, em apenas pouquíssimas situações foram necessárias intervenções humanas.

Um dos funcionários diz ter usado o Cruise Anywhere mais de 60 vezes nas últimas três semanas, o que ajuda a lapidar a experiência do usuário e aumentar a base de conhecimento da empresa acerca da operação, mapas e etc.

A GM diz não saber ainda quando o serviço se tornará público ou será aberto para não funcionários, além de não saber também quando disponibilizará o serviço em outras localidades. Ah, e o carro 100% autônomo, sem motorista? Ainda deve demorar, mas não pense que será muito não. Assista ao funcionamento desta novidade e seus detalhes.

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: