Carro clonado? O que fazer? Veja os esclarecimentos e as providências necessárias

No Brasil é cada vez mais comum carros e e veículos em geral com placa e até chassis clonados. Além do carro clonado, também são comuns casos de clonagem de cartões, celulares e etc. Aqui os bandidos têm ousadia de sobra e procuram sempre se aproveitar do sistema – a conta recai sobre o cidadão.

Você teve seu carro clonado? Caso haja suspeita, para resolver o problema a primeira coisa que se deve fazer é acionar a Polícia e registrar um Boletim de Ocorrência. Assim, eles abrirão um processo de verificação de clonagem, já que geralmente os carros não possuem diferenças entre eles. O tramite é lento e demorado, como tudo é em nosso país, infelizmente.

É preciso também juntar documentos pessoais (RG e CPF) e do carro  (CRLV e CRV), multas recebidas (caso existam), fotos do carro e quaisquer outros materiais que possam ajudar a comprovar que existe um carro idêntico ao seu rodando por aí. A questão é simples: o próprio dono que tem que provar que está com um carro clonado.

O crime de clonagem de carros é caracterizado como estelionato. Veja os vídeos abaixo com reportagens e informe-se caso você tenha sido vítima de um caso deste tipo. Carro clonado? Veja os vídeos a seguir com matéria complementares sobre o tema e, no terceiro, acompanhe o trabalho de policiais que identificaram um Hyundai HB20 clonado.

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

Deixe seu comentário: