Caminhoneiros prometem parar o Brasil no dia 1 de agosto (contra aumento dos combustíveis)

Os caminhoneiros no Brasil estão se organizando para o início de um novo protesto nacional, que promete parar o país a partir desta terça-feira, dia 1º de agosto. O principal motivo é a realização de uma manifestação contra o recente aumento no preço dos combustíveis, decorrente da elevação das alíquotas do PIS e COFINS determinada pelo governo de Michel Temer.

De acordo com as informações preliminares, esse novo movimento teve início com articulações entre entidades no Mato Grosso, mas rapidamente se propagou para diversos outros estados. Algumas páginas no Facebook e diversos grupos no Whatsapp estão servindo como formas de comunicação e coordenação entre os transportadores autônomos e cooperativas.

Além disso, veículos especializados no setor, como os portais Blog do Caminhoneiro e Caminhões-e-Carretas também estão noticiando a intensificação do planejamento relativo ao protesto. Como você poderá ver no primeiro vídeo abaixo, a jornalista Joice Hasselmann, da Rádio Jovem Pan, também noticiou detalhadamente a provável paralisação.

Além da imensa alta nos preços dos combustíveis, que impactam fortemente nos custos operacionais, os caminhoneiros também protestam contra a insegurança cada vez maior nas estradas. Nesse sentido, eles também questionam os recentes cortes nas verbas da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que resultam em menos patrulhamento e maiores riscos de roubos e outros crimes nas rodovias.

Os protestos marcados para o dia 1º de agosto possivelmente contarão com diversos bloqueios de estradas em todo Brasil. Em breve, traremos mais informações e detalhes sobre novidades quanto ao movimento de paralisação dos caminhoneiros. Assista abaixo alguns vídeos relativos ao tema (no segundo, já é possível ver alguns caminhões iniciando a mobilização em São Paulo).

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.

ATENÇÃO PARA OS UPDATES: 

De acordo com as mais recentes atualizações, o movimento dos caminhoneiros já tem provocado paralisações e protestos em diversas regiões do Brasil. Há relatos envolvendo casos nos estados da Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Santa Catarina e São Paulo (em cidades como Ribeirão Preto e Santos). Os mais recentes desdobramentos estão sendo noticiados pelo portal G1 (neste link). A Revista Isto É também fez um balanço sobre esse primeiro dia de manifestações em oito estados.

Como você poderá ver nos novos vídeos abaixo, a página Transporte Forte  no Facebook já mostrou imagens da paralisação na região de Sertãozinho, em São Paulo, enquanto o Sindtanque-MG, Sindicato dos Tanqueiros de Minas Gerais, confirmou adesão à paralisação de hoje, segundo informações do Blog do Caminhoneiro e do portal G1. Já houve paralisação no km 361 da BR-381 nesta madrugada, mas a Polícia Rodoviária Federal garante que a rodovia está liberada para o trânsito de carros e ônibus.

Segundo o Estadão, há bloqueio na Via Anchieta com o objetivo de fechar o acesso ao porto de Santos (SP), um dos principais do país. A movimentação na pista da esquerda começou a aumentar e, por volta das 8 horas, a Ecovias, concessionária do trecho, registrou presença de caminhões parados. Novos relatos também dão conta de paralisação nas rodovias federais que cruzam o Mato Grosso e Goiás. O movimento vem ganhando força desde a madrugada (na internet também circulam fotos envolvendo casos no Rio Grande do Sul).

Veja no primeiro vídeo abaixo imagens aéreas do grande protesto em Silvânia, Goiás:

Deixe seu comentário: